Jeremias

“Estamos perdendo a sensibilidade até na igreja”, diz pastor a cristãos que falam palavrão

Além de ofender pessoas, o palavrão tem se tornado parte do vocabulário social. Apesar das Escriturasadmoestar os cristãos sobre as palavras torpes, muitos crentes têm aderido a cultura do palavrão sem temer as consequências. Abordando este assunto, os pastores Jeremias Pereira e Hernandes Dias Lopes dialogaram sobre os riscos de tal atitude.

JEREMIAS 02

 

“Palavrão é um hábito perigosíssimo, é um vício. Parece que a nossa cultura está cada vez mais se degradando e se você não falar um palavrão você está fora do contexto. Você não consegue se comunicar direito, você vê hoje que está no rádio, na televisão, no futebol então nem se fala”, comenta o pastor Hernandes Dias Lopes.

Jeremias Pereira complementa: “Esses dias eu fui em uma escola secundarista e eu tomei o maior susto, porque eu nunca vi tanta menina falando palavrão. Daqueles que eu nunca havia ouvido. Agora os crentes são engraçados, ao invés de falar palavrão eles falam ‘misericórdia’. Eles fazem uma interjeição como se estivessem xingando, é na bagagem da ira”, disse.

Palavra Torpe

O pastor Hernandes Dias Lopes ressalta que em Efésios 4.29, a Bíblia diz: “Não saia da vossa boca nenhuma palavra torpe”. Ele comenta: “Ele não diz algumas, ele diz nenhuma. E se unicamente ela for boa para edificação, conforme a necessidade. Então determinadas coisas, mesmo sendo verdade, é preciso saber se é oportuno e se vai ajudar”, pontua.

Jeremias Pereira coloca: “Nós precisamos trabalhar primeiro a gente. Como é que eu trabalho na minha mente? Com a gratidão, com a memorização da Verdade, porque ainda há determinadas situações em que o seu pressionado. Eu preciso reagir como se eu tivesse 14 anos. Então eu quero que o meu mundo interior bata com meu mundo exterior”.

Empobrecimento do Vocabulário

Para o pastor Hernandes Dias Lopes, estamos com o vocabulário cada vez menos rico. “Hoje, com o advento da internet, nós estamos vivendo o empobrecimento do vocabulário. Quando o camarada tem um vocabulário muito pobre, para aprender para preencher aquela lacuna que não tem uma palavra muito boa ele solta um palavrão. Quando você lê a Bíblia o seu vocabulário melhora”.

“Nós estamos perdendo a sensibilidade com palavrão até mesmo dentro das igrejas. Uma vez eu vi um cidadão dirigindo louvor e ele estava tão feliz com a reação do auditório e com a música que ele estava dirigindo que ele soltou um palavrão. Foi um constrangimento geral, porque aquilo saiu e foi aquele jato de água fria”, disse.

“Eu penso também que não dá para lidar com isso, a não ser que você esteja cheio do Espírito Santo. O texto de Efésios diz que quando você está cheio do Espírito Santo, você vai jogando na sua mente a gratidão e adoração”.

ASSISTA:

 

Fonte: Guiame

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *