familia

Pessoas que frequentam a igreja são mais felizes, mostra pesquisa

Aqueles que se identificam com um grupo religioso e frequentam regularmente os cultos tendem a ser mais felizes e socialmente engajados do que aqueles que não o fazem, concluiu uma nova pesquisa do Pew Research Center.

A investigação do Pew focada na relação entre fé e bem-estar descobriu que a frequência a reuniões religiosas – e não apenas ser membro ou dizer que segue uma religião – está ligada a níveis mais altos de felicidade do que aqueles os membros da sociedade que afirmam não ter fé alguma.

pessoas-religiosas-sao-mais-felizes

Especificamente nos Estados Unidos, 36% das pessoas que são religiosos praticantes afirma estar “muito felizes” em comparação com apenas 25% das pessoas “sem religião” ou “religiosos nominais”.

“Seja qual for a explicação, mais de um terço se descreve como muito feliz, em comparação com apenas um quarto dos americanos sem religião ou nominais”, destaca o relatório. Em outros 25 países onde há dados disponíveis, o relatório mostra que pessoas religiosas são mais felizes do que os ‘sem religião’ com uma margem estatisticamente significativa em quase metade (12) desses países. Também são mais felizes que adultos nominais em aproximadamente um terço (9) países.

Os hábitos religiosos também fazem uma grande diferença quando se trata da saúde geral dos indivíduos, concluiu o estudo. Entre os que se identificam como cristãos e frequentam os cultos pelo menos uma vez por mês, 85% não fumam, em comparação com 74% dos religiosos nominais e 72% dentre os que frequentam cultos com menos frequência.

 

Fonte: Gospel Prime

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *