Foto: Reprodução

Igreja online: espanhóis se conectam pela criatividade

Oração e cuidado pastoral on-line, oficinas, humor no Instagram. Essas são algumas das respostas aos primeiros dias de confinamento. 

Igrejas evangélicas espanholas sabem que o tempo de quarentena será desafiador. Portanto, a criatividade será a chave para superá-lo. Oração, assistência pastoral on-line, oficinas, serviços de streaming e até humor, são algumas das respostas à crise do coronavírus.

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

A limitação de movimentos decretada no último sábado no país levou muitas igrejas a preparar um serviço usando a mídia social. Algumas igrejas forneceram um guia sobre como transmitir um evento. Uma Assembleia de Deus organizou um seminário on-line sobre como usar a plataforma “Zoom”, onde participaram mais de 130 pessoas.

ADORAÇÃO ONLINE

O secretário-geral da União Batista Espanhola, Daniel Banyuls disse: “Cerca de 40 igrejas batistas compartilharam seus serviços on-linestreaming ou no WhatsApp. Isso mostra que há mudanças no uso tecnológico”, afirmou.

Outros usaram o domingo para melhorar o culto em família. “O foco está na oração, cuidado, treinamento e adoração em família. Usamos o WhatsApp para se comunicar, porque é direto e rápido ”, explica Marcos Zapata, pastor da Igreja Buenas Noticias, de Lugo, e presidente da Aliança Evangélica Espanhola.

“Foi um trabalho intenso e urgente, mas pudemos aproveitar a experiência de vários irmãos e irmãs no gerenciamento de edição de vídeo e no uso do YouTube”, disse Rubén Lugilde, membro da igreja de Brethen em Salamanca.

ORAÇÃO  

Muitas igrejas estão promovendo a oração através de grupos do WhatsAppFacebook ou telefonemas. A plataforma “Espanha, oramos por você” desenvolveu uma iniciativa interessante: convocou um momento de oração conjunto na segunda-feira, no qual mais de 50 líderes evangélicos de todo o país participaram de suas casas.

Centenas de pessoas acompanharam a transmissão no YouTube. A oração 24 horas por dia, 7 dias por semana, organizou uma campanha de oração pela crise dos coronavírus de 17 a 23 de março.

AUXÍLIO PASTORAL 

Muitos pastores estão usando canais de comunicação para manter contato com os membros de suas igrejas. Missionários e pastores, como Claudenir Martines, em Madri, se oferecem “para orar pelos enfermos e infectados pelo coronavírus, também por todos aqueles que precisam de ajuda ou de uma palavra de Deus”.

Por exemplo, o serviço de capelania evangélica de Madri está disponível para ajudar. “Se você mora sozinho ou isolado, e quer que alguém o ouça e compartilhe algumas palavras de encorajamento e edificação pessoal ou espiritual, entre em contato conosco e um de nossos capelães conversará com você”, explica Juan José Román, responsável por este serviço.

SERVIÇO E TRABALHO VOLUNTÁRIO

Muitas igrejas compartilharam com seus membros a convocação feita pelas autoridades regionais, procurando voluntários para ajudar nessa crise. O cuidado também é estendido às famílias em situações difíceis. Na igreja de Pero Tarquis, diretor geral da Evangelical Focus, os membros estão revezando-se em trazer comida para uma família cuja mãe não pode estar em casa para trabalhar.

CRIANÇAS, MÚSICA, HUMOR

Muitos pais com filhos em casa estão procurando recursos para ajudá-los a crescer espiritualmente. A Igreja Revive em Cangas (Galiza) lançou duas iniciativas no YouTube. Um ajuda as crianças a memorizar versículos da Bíblia, o outro conta histórias de missionários.

A música também é para estes dias de reclusão. “Criamos uma lista de reprodução no Spotify com a música que costumamos cantar aos domingos , para que todos possam ouvi-la em casa hoje em dia”. Algumas das músicas podem ser encontradas no Youtube, algumas até no formato Karaokê, para cantá-las a seguir. a letra.

O humor também se tornou um recurso para superar esse tempo. O perfil @yonotengoculto (não tenho serviço de adoração) compartilha mensagens engraçadas no Instagram. Isso para tornar essa quarentena obrigatória mais suportável.

 

Fonte: Revista Comunhão

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *